Ehud Olmert pode anunciar renunciar neste domingo

O primeiro-ministro israelense se reunirá com seus ministros no primeiro encontro desde as eleições primárias

EFE

21 de setembro de 2008 | 05h04

O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, pode anunciar neste domingo sua demissão de seu Gabinete de Ministros, informaram os meios israelenses. Olmert se reunirá com seus 25 ministros às 10 hora (4h de Brasília) desta manhã no primeiro encontro do governo desde as eleições primárias do Kadima na quarta-feira passada, nas quais a ministra de Assuntos Exteriores, Tzipi Livni, foi escolhida para sucedê-lo à frente do partido. O passo seguinte será que o primeiro-ministro apresente sua demissão ao presidente do país, Shimon Peres. Isto, no entanto, não é provável que aconteça no domingo, já que Peres parte na segunda-feira rumo a Nova York para participar da Assembléia Geral da ONU e não teria tempo para fazer consultas com os grupos parlamentares. Peres voltará a Israel no véspera da festividade do Ano Novo Judaico (Rosh Hashana), realizado nos dias 30 de setembro e 1 de outubro, por isso os analistas políticos calculam que Olmert poderia apresentar sua renúncia depois dessa data.

Tudo o que sabemos sobre:
Ehud Olmert

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.