REUTERS/Alaa Al-Marjani
REUTERS/Alaa Al-Marjani

EI usa drones para atacar Exército iraquiano em Mossul

Segundo general, vários aviões não-tripulados foram encontrados em uma casa retomada do grupo jihadista

O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2016 | 20h10

MOSCOU - O Estado Islâmico tem usado drones para atacar tropas iraquianas que estão avançando sobre Mossul, a maior fortaleza urbana do grupo militante no Iraque, disse o Exército iraquiano nesta quinta-feira.

As forças iraquianas, com apoio de uma coalizão liderada pelos EUA, lançaram uma ofensiva em 17 de outubro para retomar Mossul, na campanha mais complexa dentro do Iraque desde a invasão americana de 2003 que destituiu Saddam Hussein.

Oficiais do Exército mostraram a jornalistas vários drones que parecem modelos de aviões que, segundo eles, o grupo construiu para procurar alvos ou lançar ataques.

"Estes drones foram encontrados em uma das casas (retomadas pelo Exército)", disse o general Abdul Wahab al-Saidi do serviço de combate ao terrorismo do Iraque, treinado pelos EUA, a repórteres em um quartel-general em um subúrbio de Mossul.

"O EI usa drones para vigilância e, às vezes, acopla explosivos a eles e usa contra comandantes ou quartéis-generais", disse Saidi, sem esclarecer se os ataques tiveram sucesso. / REUTERS

 

Tudo o que sabemos sobre:
Estado IslâmicoIraqueSaddam Hussein

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.