El Salvador espera Bush com grandes protestos

O presidente norte-americano, George W. Bush, chega neste domingo a El Salvador em meio a passeatas de protestos, uma delas dirigida por ex-guerrilheiros. O chamado Fórum de Concertação Social, que diz aglutinar organizações salvadorenhas trabalhistas e camponesas, criticou a visita de Bush e anunciou o que chamou de "protesto de multidões".O governo de El Salvador informou ter reforçado a segurança no país depois do atentado com dinamite perpetrado na última quarta-feira em Lima, onde Bush chega neste sábado. O Fórum considera uma "ofensa" a visita do chefe de governo dos EUA, porque ela coincide com o 22º aniversário do assassinato do arcebispo Oscar Arnulfo Romero.Romero foi assassinado no dia 24 de março de 1980 por um franco-atirador, quando rezava missa numa capela da capital. Todos os anos ocorrem grandes peregrinações em sua homenagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.