ElBaradei é o favorito à Presidência egípcia, diz pesquisa

Votação foi lançada no Facebook pela junta militar egípcia que governa interinamente o país

Efe

21 de junho de 2011 | 11h24

CAIRO - O prêmio Nobel da paz Mohamed El Baradei é o candidato à Presidência egípcia que mais apoio obteve até nesta terça-feira, 21, em uma votação lançada no "Facebook" pela junta militar que governa o país desde a queda do regime de Hosni Mubarak.

 

Veja também:

especialInfográfico: A lenta agonia de Hosni Mubarak

blog Arquivo: A era Mubarak nas páginas do Estado

lista Perfil: 30 anos de um ditador no poder

 

Na pesquisa, que começou no último dia 19 de junho e se prolongará por um mês, participaram até agora 98.349 internautas, dos quais 35% votaram em ElBaradei (34.237 votos), seguido pelo intelectual islamita Mohammed Selim al-Awa, com 21% (20.626 votos).

 

A lista de candidatos inclui 18 nomes, algumas que não anunciaram a intenção de apresentar candidatura às eleições presidenciais, ainda sem data definida.

 

Este é o caso de Omar Suleiman, ex-chefe dos serviços secretos egípcios durante o antigo regime de Mubarak, que obteve 4% dos votos.

 

Entre os candidatos mais votados figura também o ex-primeiro-ministro egípcio Ahmed Shafiq, que foi nomeado em 29 de janeiro por Mubarak como chefe do Governo e que ocupa o terceiro posto na votação com 12% dos votos.

 

Já Amr Moussa, que anunciou que deixaria o posto de secretário-geral na Liga Árabe para apresentar-se à Presidência, aparece em quinto, com 7% das intenções de voto.

 

Em sua página no "Facebook", a junta militar, que dirige o país desde 11 de fevereiro, afirma que entre os candidatos há pessoas escolhidas na comunidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.