ElBaradei volta ao Egito para defender democracia

O principal defensor da democracia no Egito, Mohamed ElBaradei, retornou ao país hoje em meio aos maiores protestos contra o governo dos últimos anos. ElBaradei chegou ao Cairo na noite de hoje, quando foi recebido por familiares e amigos.

AE, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 16h33

Ele disse que retornou ao país porque "este é um momento crítico na vida do Egito e eu tenho de participar (dele) com o povo egípcio". ElBaradei foi diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e em 2005 foi premiado com o Nobel da Paz de 2005, juntamente com a AIEA.

Ativistas egípcios realizaram o terceiro dia consecutivo de manifestações, pedindo a saída do presidente Hosni Mubarak, que governa o país há quase 30 anos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ElBaradeiEgitodemocracia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.