Elefanta descontrolada é abatida na Índia

Um caçador contratado pelo governo indiano abateu a elefanta selvagem que havia matado 13 pessoas em dois dias em uma área da fronteira entre a Índia e o Nepal. Segundo autoridades, o animal apresentava vários ferimentos em seu dorso antes de ser morto com cinco tiros. "A elefanta deve ter sido atacada por caçadores ilegais. Do contrário, ela não ficaria tão violenta", afirmou o ministro da Vida Selvagem do Estado indiano de Bengala Ocidental, Jogesh Burman.A elefanta matou nove pessoas domingo, em uma vila do lado indiano da fronteira. Três outras foram mortas em território nepalês no mesmo dia. Hoje, pouco antes de ser abatida, a elefanta fez sua última vítima fatal. O animal aparentemente saiu de uma floresta do Nepal e atravessou um rio antes de chegar à vila indiana, que fica ao norte de Calcutá, capital de Bengala Ocidental, onde iniciou a matança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.