Elefante em fúria mata 3 em templo hindu na Índia

Animal descontrolado mata uma mulher, um homem e seu domador durante uma cerimônia regional

Associated Press,

23 de abril de 2008 | 14h42

Um elefante em fúria matou 3 pessoas em templo hindu no sudeste da Índia nesta quarta-feira, 23. Segundo as autoridades, entre as vítimas está um de seus domadores. A televisão local mostrou o elefante adulto avançando nas instalações do tempo. Foto: AP O animal derrubou um toldo, passou por uma porta de ferro e finalmente pisoteou um homem. Com suas patas, o animal lançou a vítima a vários metros. O elefante estava sendo usado durante uma cerimônia em um festival regional do distrito de Thrissur, sudeste da Índia, quando de repente se enfureceu e matou o homem, uma mulher e seu domador, que tentava controlá-lo, informou a polícia. Os elefantes são usados normalmente em cerimônias religiosas no país. Com freqüência são cobertos de pinturas e adornos. Os defensores dos direitos dos animais denunciam que os animais são mantidos as vezes em condições deploráveis.

Tudo o que sabemos sobre:
ÍndiaelefanteHindu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.