Eleição de Obama é símbolo da esperança, diz Mandela

O primeiro presidente negro da África do Sul, Nelson Mandela, disse hoje que a eleição dos Estados Unidos é um símbolo da esperança. Em uma carta divulgada por seu escritório, Mandela afirma que a vitória de Barack Obama demonstra que qualquer um pode "ousar ter o sonho de querer tornar o mundo um melhor lugar".Após cumprir um mandato e se aposentar, Mandela, aos 90 anos, participa cada vez menos da vida pública, porém permanece como um símbolo respeitado na África do Sul e no mundo. O ex-presidente passou 27 anos na prisão por sua luta contra o Apartheid, regime de segregação racial imposto contra os negros na África do Sul entre 1948 e 1990. Nas primeiras eleições livres do país desde o fim da segregação, Mandela foi eleito, em 1994.G-20 - Os conselheiros do presidente eleito dos EUA, Barack Obama, irão participar da cúpula do Grupo dos 20 (G-20) sobre questões do sistema financeiro global no dia 15 de novembro, informou o porta-voz do governo francês Luc Chatel. O porta-voz disse que a presença do presidente eleito na cúpula já era prevista, uma vez que as eleições nos EUA aconteceram antes do encontro.Os Estados Unidos irão sediar a cúpula emergencial que reúne as autoridades do G-20. Além do Brasil e dos EUA, integram o grupo África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Canadá, China, Coréia do Sul, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, Turquia e União Européia. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.