Eleição na Lituânia terá segundo turno

Buscando a reeleição à sombra da crise na Ucrânia, a presidente da Lituânia, Dalia Grybauskaite, apelou à nação por apoio ao enfrentar o segundo turno das eleições do país em duas semanas.

AE, Agência Estado

12 Maio 2014 | 18h26

A primeira presidente mulher do país era a favorita entre os seis candidatos concorrendo no primeiro turno das eleições, realizado no domingo. Dalia recebeu 46% dos votos válidos. No segundo turno, ela enfrentará o social-democrata Zigmantas Balcytis, que conquistou 13,6% dos votos.

Embora esteja concorrendo como candidata independente, Dalia tem o apoio de partidos de centro-direita da Lituânia e sua popularidade aumentou recentemente depois de ela ter criticado com firmeza a anexação da Crimeia pela Rússia.

Balcytis apelou nesta segunda-feira aos outros candidatos para apoiá-lo no segundo turno, que ocorrerá em 25 de maio, argumentando que tem uma "chance real de vencer". Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.