Martin Bernetti/AFP
Martin Bernetti/AFP

Eleição no Chile: em live, enviada especial comenta dia de votação e expectativas para o resultado

Direto do Chile, a repórter Thaís Ferraz conversa neste domingo, às 17 horas, com a editora Fernanda Simas sobre a eleição mais disputada desde a redemocratização do país

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2021 | 16h30

Chile realiza neste domingo, 19, o segundo turno da eleição presidencial mais disputada desde a redemocratização do país, quando os chilenos decidem entre dois candidatos com visões totalmente opostas. O esquerdista Gabriel Boric e o ultraconservador José António Kast disputam voto a voto a reta final da eleição.

O próximo presidente será responsável por governar o país sul-americano em um momento de grandes transformações, principalmente pela nova Constituinte que vem sendo debatida em paralelo à disputa eleitoral. Neste domingo, chilenos denunciam problemas no transporte público de Santiago, enquanto tentam se locomover aos centros de votação. Pontos de ônibus em diversas regiões da cidade estão com grandes filas, em uma cena que se repete em outras cidades. Os prefeitos de Santiago, Quilpué e Maipu protestaram contra a situação.

Para falar sobre o clima da votação e as expectativas para a contagem dos votos, o Estadão realiza uma live às 17h com a repórter Thaís Ferraz, enviada especial a Santiago, e a chefe de reportagem da editoria de Internacional, Fernanda Simas. O bate-papo será transmitido ao vivo pelas contas do FacebookYouTubeTwitter e LinkedIn do Estadão neste domingo a partir das 17 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.