Eleição no Peru é decidida na moeda após empate

As eleições municipais em uma cidade do Peru foram decididas de modo pouco convencional este ano. Isso porque dois candidatos à prefeitura de Pillpinto, próximo ao centro turístico de Cuzco, receberam exatamente o mesmo número de votos do colégio eleitoral.

Estadão Conteúdo

23 de outubro de 2014 | 14h57

Devido ao impasse, os dois candidatos tiveram de decidir na moeda quem governaria a cidade, seguindo a lei eleitoral. A sorte decidiu que o novo prefeito de Pillpinto será Wilber Medina, da Força Inca Amazônica. Ele consegui tirar duas "caras" seguidas na moeda, derrotando o rival José Cornejo, do partido Sempre Unidos.

O professor de 40 anos que irá assumir o município afirmou que pretende conquistar a confiança dos eleitores que não votaram nele. Cornejo, por sua vez, não contestou o resultado. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Perueleiçõesempateprefeitomoeda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.