Eleição nos EUA pode levar semanas até a definição

O anúncio do resultado das eleições nos EUA foi adiado nesta quarta-feira devido um impasse na contagem dos votos de um dos principais Estados do País. Em Ohio, responsável pelo voto de 20 delegados, a diferença entre Bush e Kerry era de cerca de 100 mil votos nas projeções do pool de mídia norte-americana.O partido Democrata se negou a reconhecer uma derrota e anunciou que lutará por todos os votos no Estado. "Esperamos quatro anos por esta noite e podemos esperar mais uma noite pela vitória", disse o candidato a vice-presidente, John Edwards, ao público que aguardava um pronunciamento de John Kerry em Boston.O secretário de Estado de Ohio, Ken Blackwell, disse que a recontagem dos votos pode demorar mais de 11 dias. "Digo a todos que respirem fundo e relaxem. Não podemos dizer como serão os resultados", disse o secretário em entrevista à rede de TV CNN. Até a manhã de quarta-feira, o presidente George W. Bush tinha garantido os votos de 254 delegados. O senador John Kerry conquistara 242 delegados. Nos votos populares, Bush tinha 51% das preferência do eleitorado, contra 48% de Kerry.Além do problema em Ohio, problemas técnicos impediram que o resultado em Iowa fosse divulgado. O Estado representa sete votos no colégio eleitoral e sozinho não é decisivo neste embate entre republicanos e democratas. Há quatro anos, Bush conquistou a presidência dos EUA apenas após ser declarado vencedor na Flórida, depois de uma disputa que durou 36 dias e chegou até a Suprema Corte.Leia mais sobre as eleições nos EUA

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.