Eleições iraquianas serão em janeiro, diz primeiro-ministro

O primeiro ministro interino do Iraque, Ayad Alaui, disse hoje que as eleições daquele país serão realizadas em janeiro, como estava previsto, apesar da violência. "Definitivamente nos ajustaremos ao cronograma das eleições que acontecerão em janeiro do próximo ano", afirmou Alaui, que está em Londres. Antes de embarcar para Nova Iorque, onde assistirá a Assembléia Geral da ONU, o premier quer se reunir com o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair.A violência no Iraque causou cerca de 300 mortes na última semana. E em Bagdá, sede do governo interino de Alaui, há quase que diariamente combates, seqüestros e ataques suicidas. Na semana passada, o secretário geral das Nações Unidas, Kofi Annan, advertiu que não seria possível realizar eleições confiáveis se ás condições de segurança permanecessem como estão agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.