Eleições municipais testam apoio a Tony Blair

A Inglaterra abriu nesta quinta-feira as urnas para 23 milhões de pessoas votarem nas eleições para 4.360 cadeiras em câmaras municipais, um bom termômetro para avaliar o apoio do eleitorado ao governo trabalhista do primeiro-ministro do ReinoUnido, Tony Blair. O trabalhismo pode sofrer uma derrota. O governo está em crise devido à libertação de delinqüentes estrangeiros sem deportação aofim de suas penas, e ao escândalo sexual que atinge o vice-primeiro-ministro, John Prescott. As eleições abrangem 32 distritos de Londres e as principais cidades inglesas, como Manchester, Leeds, Sheffield, Liverpool e Birmingham. No total, são 176 das 388 prefeituras inglesas. Não haverá votação na Escócia, em Gales e nem na Irlanda do Norte. O restante das câmaras, parte das atuais e a prefeitura de toda a área metropolitana de Londres já foram eleitos em 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.