Eleições na Alemanha - empate nas pesquisas

O primeiro-ministro social-democrata (SPD), Gerhard Schroeder, atingiu nas últimas pesquisas seu rival conservador Edmund Stoiber, chefe do governo do estado da Bavária e membro da União Social-Cristã e Democrata-Cristã (CDU-CSU) - o que faz prever um final em aberto nas cruciais eleições alemãs de 22 de setembro. Segundo a última consulta publicada pelo semanário do Politbarometer - a pesquisa do segundo canal de televisão público, o SDF -, se a votação fosse no próximo domingo, o SPD e a coligação CDU-CSU obteriam cada um 38% dos votos. Enquanto o SPD manteve as cifras da semana passada, a coligação de centro-direita perdeu um ponto porcentual. Os outros três partidos representados no Parlamento alemão mantêm o mesmo nível de preferências, com 8% para os liberais do FDP, 7% para os Verdes e 4% para os pós-comunistas do PDS. Os números atuais deixariam o PDS fora do Parlamento federal (Bundestag). A Politbarometer acrescenta também que Schroeder ganharia de Stoiber em uma eleição direta para chanceler (primeiro-ministro), com 56% das preferências contra 35% para o premier da Bavária.Diante desses números, os dois candidatos esperam com ansiedade pelo segundo debate pela televisão, que será realizado neste domingo. No primeiro deles, o governador bávaro superou as expectativas, ampliando temporariamente sua vantagem sobre Schroeder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.