Eleições palestinas podem ser suspensas

Os palestinos estão prestes a dizer adeus às eleições legislativas e presidenciais previstas para 20 de janeiro próximo, segundo rumores confirmados hoje por um ministro de Yasser Arafat. Alguns dirigentes palestinos acusam a comunidade internacional de manter silêncio diante da ocupação israelense na Cisjordânia, o que os impede de realizar as eleições. O ministro da Cooperação Internacional da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Nabil Shahath, exortou hoje a "liderança palestina" - ou seja, Arafat - a adotar o mais rápido possível uma decisão sobre a suspensão das eleições. "É a ocupação israelense da Cisjordânia que impede a Comissão Eleitoral da ANP de desenvolver sua tarefa, e está claro que para os palestinos será impossível ir às urnas em 20 de janeiro", afirmou o ministro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.