Eleições presidenciais do Timor serão decididas no 2º turno

A Presidência do Timor Leste será decidida em segundo turno, depois que nenhum dos candidatos conseguiu o mínimo de 50% dos votos nas eleições de segunda-feira, 9, de acordo com os resultados preliminares divulgados nesta quarta-feira, 11.Com mais de 70% dos votos apurados, o atual primeiro-ministro, José Ramos Horta, segue à frente de seus adversários, com 21,75% da preferência dos eleitores, anunciou o porta-voz da Comissão Eleitoral Nacional, o sacerdote Martinho Gusmão.Em segundo lugar aparece o candidato do Partido Democrático, Fernando Araujo, com 21,73%, seguido pelo líder do governamental Fretilin, Francisco Guterres, com 21,39%.Como nenhum destes candidatos conseguirá mais de 50% dos votos válidos emitidos, dois deles se enfrentarão no dia 8 de maio em segundo turno.O resultado oficial do primeiro turno será divulgado no dia 19 de abril.Independentemente da realização de um segundo turno, as eleições legislativas deverão acontecer em junho ou julho, quando será conhecido o novo primeiro-ministro.O pleito de segunda-feira transcorreu sem incidentes violentos e foi supervisado por observadores tanto nacionais como internacionais, e vigiado por soldados da ONU, da Nova Zelândia e da Austrália.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.