Eleições romenas terão 2º turno, indica boca-de-urna

O presidente da Romênia, Traian Basescu, e seu rival social-democrata Mircea Geoana, se enfrentarão num segundo turno, já que nenhum conseguiu a maioria dos votos nas eleições deste domingo, indica a boca-de-urna.

AE-AP, Agencia Estado

22 Novembro 2009 | 19h06

Basescu, de acordo com a pesquisa do Instituto CURS, em dados divulgados pela televisão estatal, obteve 33,72% dos votos, enquanto Geoana recebeu 31,44% dos sufrágios. O segundo turno está marcado para 6 de dezembro.

Outra boca-de-urna, feita pelo Instituto Insomar para uma emissora privada de televisão, mostrou que Basescu obteve 32,8% dos votos e Geoana recebeu 31,7%.

Os romenos foram às urnas eleger um novo presidente neste domingo com a esperança de acabar com uma crise de liderança que ameaça um empréstimo de 1,5 bilhão de euros (US$ 2 bilhões) do Fundo Monetário Internacional, que o país necessita desesperadamente para aliviar uma dolorosa recessão.

O governo da Romênia entrou em colapso no mês passado em meio à disputa entre a coalizão de dois partidos e o FMI, que adiou o acesso da Romênia ao empréstimo de ajuda enquanto o país luta para estabelecer um novo governo.

A economia da Romênia, que enfrenta uma profunda recessão, deve encolher ao redor de 8,5% este ano. O país precisa de um empréstimo do FMI para pagar os salários dos funcionários públicos e aposentadorias, mas é improvável que obtenha o dinheiro este ano, o que irá forçar 1,3 milhão de servidores a ficar sem a remuneração de oito dias em 2009. Com informações da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.