Eleitores aprovam ações de Obama durante supertempestade

Os eleitores norte-americanos aprovaram a atuação do presidente Barack Obama durante a crise causada pela passagem da supertempestade Sandy nesta semana. Pesquisa realizada em parceria entre o Washington Post e a ABC News mostra que 8 em cada 10 prováveis eleitores afirmaram que o presidente fez um "excelente" ou "bom" trabalho. Até mesmo dois terços dos simpatizantes do republicano Mitt Romney responderam que o democrata saiu-se bem.

AE, Agência Estado

01 de novembro de 2012 | 11h49

Número parecido de entrevistados (73%) avalia positivamente a resposta do governo federal à destruição causada pelo fenômeno natural na Costa Leste dos Estados Unidos. Sandy deu a Obama uma boa oportunidade para demonstrar liderança para os 49% que no geral desaprovam seu governo.

Romney também obteve mais avaliações positivas do que negativas, mas 35% dos entrevistados responderam não ter opinião sobre o assunto.

Já a pesquisa de intenção de voto mostra que Obama e Romney estão empatados, com 49% cada um, em linha com resultados anteriores, disse o Washington Post. O levantamento foi realizado na noite de terça-feira (horário local).

Tudo o que sabemos sobre:
EUAeleiçãoObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.