Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Eleitores em Zimbábue votam em busca de mudanças

Os eleitores fizeram fila neste sábadopara votar na eleição mais crucial para o Zimbábue desde aindependência, em 1980. Muitos procuram desesperadamente acabarcom a miséria do colapso econômico sob o governo do presidenteRobert Mugabe. "Estou votando por mudança. Estou rezando por uma eleiçãolivre e justa. É a única maneira de este país ir pra frente",afirmou Richard Mutedzi, 25, um mecânico que votou emChitungwiza, localizada 30 quilômetros ao sul de Harare. Eledisse que foi forçado a vender seus bens e reservas devido aodesemprego. O Zimbábue, que vê sua economia --que já foi próspera-- emruínas, sofre com a inflação mais alta do mundo: mais de100.000 por cento. Além disso, há uma falta crônica dealimentos e combustíveis e uma desenfreada epidemia do vírusHIV e da Aids, o que contribuiu para derrubar muito aexpectativa de vida. Mugabe, que culpa as sanções do Ocidente pelo colapso,enfrenta o maior desafio de seu governo de 28 anos na disputacontra o líder oposicionista Morgan Tsvangirai e Simba Makoni,um dissidente do partido governista Zanu-PF. Apesar das dificuldades de Mugabe, 84, muitos analistasacreditam que ele será declarado vitorioso. Tsvangirai e Makonio acusam de planejar uma fraude às eleições. (Por Cris Chinaka)

REUTERS

29 de março de 2008 | 13h16

Tudo o que sabemos sobre:
ZIMBABUEELEICAO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.