Elevador defeituoso decapita médico nos EUA

Um médico morreu quando um elevador apresentou defeito e o decapitou num hospital de Houston na manhã de sábado, informaram autoridades locais nesta segunda-feira. Hitoshi Mikaidoh, de 35 anos, entrava em um elevador no segundo andar do Christus Saint Joseph Hospital na manhã do último sábado quando as portas fecharam-se repentinamente, prendendo-o pelos ombros. O elevador começou a subir e o médico residente teve a cabeça decepada.Uma funcionária do hospital testemunhou o acidente e ficou presa no elevador durante 20 minutos, antes de ser resgatada por bombeiros. Ela foi levada ao pronto-socorro em estado de choque, disse India Chumney Hancock, porta-voz do hospital. Médicos legistas do condado de Harris conduzem um inquérito sobre o acidente. A polícia informa que equipes de manutenção trabalharam no elevador durante a semana.O sistema de elevadores do hospital foi desligado até que a investigação seja concluída. Acidentes com elevadores causam anualmente uma média de 30 mortes nos Estados Unidos, segundo a agência de Estatísticas do Departamento de Trabalho do país. Outras 17.100 pessoas ficam feridas todos os anos, de acordo com os mesmos dados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.