Elías Jaua diz que sua indicação prova que Chávez 'está no comando'

Novo ministro foi nomeado chanceler em um decreto que traz a assinatura do líder bolivariano

AE, Agência Estado

17 de janeiro de 2013 | 19h38

CARACAS - O novo ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Elías Jaua, disse nesta quinta-feira, 17, que sua indicação para o cargo, que ocorreu na terça-feira, é uma prova de que o presidente do país, Hugo Chávez, está "no comando e tomando decisões" a partir de Cuba, onde está hospitalizado desde 11 de dezembro do ano passado.

Jaua foi nomeado chanceler em um decreto que traz a assinatura de Chávez e sua nomeação foi anunciada pelo vice-presidente Nicolás Maduro, que voltou na terça-feira de Havana e Caracas.

"Não existem dúvidas de que ele (Chávez) está no comando e tomando decisões", disse Jaua. "Do contrário, eu não seria o chanceler da República Bolivariana da Venezuela".

As informações são da Dow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.