Eliezer é o líder do Partido Trabalhista de Israel

O ministro de Defesa israelense Benyamin Ben Eliezer é, desde ontem à noite, o novo líder do Partido Trabalhista israelense, ao assumir o lugar que deixou em fevereiro passado o então primeiro-ministro Ehud Barak. Ben Eliezer obteve mais de 90% dos votos nas últimas eleições partidárias, que tiveram de ser novamente realizadas devido às suspeitas de fraude que recaíram sobre as de 4 de setembro. Ben Elilezer, de 65 anos e nascido no Iraque, superouseu adversário Avraham Burg, atual presidente da Knesset (Parlamento).Militar de carreira, governador militar na Cisjordânia (1978-1981) e em seguida coordenador das atividades do governo no territórios palestinos, o líder entrou na carreirapolítica logo após deixar o uniforme militar. Membro da Knesset desde 1984, Ben Eliezer (popularmente conhecido como Fuad) ocupou vários ministérios nos últimos governos. Os três cargos que agora ocupa (ministro da Defesa, presidente do Partido Trabalhista e candidato de seu partido ao cargo de primeiro-ministro) marcam a ressurreição de um político que, há apenas um ano, estava pensando em retirar-se da vida pública. Com 26 deputados na Knesset, o Partido Trabalhista tem a maior formação do Parlamento, embora todas as sondagens indiquem que nas próximas eleições - previstas para 2003 - poderia perder mais de um terço de suas atuais cadeiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.