Elizabeth II lamenta mortes no conflito irlandês no palco do ''Domingo Sangrento''

No segundo dia de sua viagem à Irlanda, a rainha britânica, Elizabeth II, visitou o Croke Park, em Dublin, palco do massacre de 14 civis irlandeses por tropas da Grã-Bretanha em 1920, episódio conhecido como "Domingo Sangrento."

, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2011 | 00h00

Em jantar oferecido pela presidente irlandesa, Mary McAleese, a rainha manifestou seu pesar pelas vítimas das conflituosas relações entre os dois países. Elizabeth II, no entanto, não se desculpou por ações britânicas na guerra de independência irlandesa.

"Àqueles que sofreram as consequências de nosso passado problemático, ofereço meus pensamentos e meus sentimentos", disse. "Em perspectiva histórica, podemos ver o que desejaríamos que fosse diferente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.