AFP PHOTO / POOL / Kirsty Wigglesworth
AFP PHOTO / POOL / Kirsty Wigglesworth

Elizabeth II sancionará lei do Brexit nos próximos dias, diz May

Com a assinatura, o projeto de lei retornará ao Parlamento no fim do mês e saída da UE será ativada

O Estado de S.Paulo

14 de março de 2017 | 14h18

LONDRES - A rainha Elizabeth II, chefe do Estado britânico, sancionará "nos próximos dias" a lei do Brexit, o que dará ao governo poder para iniciar a negociação com Bruxelas. Segundo a primeira-ministra Theresa May, com a assinatura, o projeto de lei retornará ao Parlamento no fim do mês, quando ela deve comunicar aos deputados a ativação do artigo 50 do Tratado de Lisboa.

A Câmara dos Lordes deu ontem o sinal verde definitivo ao projeto de lei do Brexit, o que permite à primeira-ministra, após a rubrica real, ativar esse artigo, dando início aos dois anos de possível negociação com Bruxelas para a saída do Reino Unido do bloco.

Os senadores respaldaram a legislação sem as emendas que tinham introduzido dias atrás para proteger os direitos dos comunitários e outorgar poder ao Parlamento para vetar o Brexit. 

A líder conservadora ressaltou sua intenção de alcançar um acordo com Bruxelas que funcione para todo o Reino Unido e afirmou que o país sairá da UE forte e com autogoverno, com controle sobre as fronteiras e as leis.

Apesar das queixas das regiões autônomas, especialmente da Escócia, de falta de cooperação sobre o Brexit, May insistiu que trabalha com elas e está escutando suas inquietações. "Este não é o momento para divisões", disse. "É preciso unir o país." / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.