ELN liberta policiais seqüestrados há um mês na Colômbia

A guerrilha colombiana do Exército de Libertação Nacional (ELN) entregou na quarta-feira ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) dois policiais que mantinha em seu poder desde o começo deste mês. Os policiais Guillermo Calderón e Vladimir Meza foram libertados no sudeste da Colômbia.O CICV assinalou em comunicado que "aprecia a colaboração que permitiu a operação e reitera sua disponibilidade para apoiar a busca de mecanismos para obter a libertação dos reféns, militares e policiais, que continuam privados de liberdade por causa do conflito armado" no país.A libertação dos dois uniformizados aconteceu no município de Samaniego, no departamento de Nariño, fronteiriço com o Equador, nas proximidades da localidade de Barbacoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.