Em 2004, tsunami matou mais de 200 mil na Ásia

Em 26 de dezembro de 2004, um terromoto de 9,1 graus na escala Richter - o mais potente em quatro décadas - abalou a crosta marítima perto da ilha indonésia de Sumatra, agitando milhões de toneladas de água e criando ondas de até 10 metros de altura, que se disseminaram por todo o Oceano Índico a uma grande velocidade. As ondas gigantescas, conhecidas como tsunami, deixaram mais de 200 mil mortos em 12 países (8 da Ásia e 4 da África), numa das piores tragédias naturais da história. A Indonésia foi o país mais afetado, com 130 mil mortos e 37 mil desaparecidos. A maioria das vítimas na Indonésia morreu na Província de Aceh, próxima ao epicentro do terremoto. Os outros países mais afetados foram Sri Lanka (31 mil mortos e mais de 4 mil desaparecidos), Índia (10.750 mortos e mais de 5 mil desaparecidos) e Tailândia (5.400 mortos e 2.800 desaparecidos).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.