Em 2009, a maior derrota do casal

A maior derrota eleitoral dos Kirchners ocorreu nas eleições legislativas realizadas no dia 25 de junho do ano passado, quando 7 em cada 10 votos válidos foram para partidos da oposição. Foi a primeira vez que os kirchneristas deixaram de ter maioria no Legislativo. Na Câmara, 16 cadeiras mudaram de lado, dando aos opositores e aos chamados "neutros" um total de 151 deputados, enquanto o governo ficou com 99. No Senado, duas derrotas oficialistas e 14 senadores eleitos por partidos de oposição aos Kirchners resultaram em um empate na casa, 36 a 36.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.