Em 2016, idade para aposentadoria no Reino Unido será de 66 anos

Governo britânico também dará a possibilidade de as pessoas seguirem trabalhando até os 70 anos

Efe,

24 de junho de 2010 | 04h25

LONDRES - O governo britânico atrasará em um ano, até os 66, a idade de aposentadoria para os homens, a partir de 2016, segundo antecipa nesta quinta-feira, 24, a rede de televisão BBC.

O governo de David Cameron colocará, além disso, a possibilidade de as pessoas seguirem trabalhando até os 70 anos ou até mesmo além dessa idade no futuro. A idade de aposentadoria das mulheres vai se equipar à dos homens alguns anos mais tarde.

O governo trabalhista anterior, liderado por Gordon Brown, queria esperar até 2024 para a passagem dos 65 aos 66 anos e atrasar a idade de aposentadoria gradualmente até os 68 para o ano de 2046.

Já o Executivo liderado pelo conservador Cameron permitirá, no entanto, que atrase mais rapidamente até os 70, e ainda além a idade de aposentadoria porque as pessoas vivem mais anos.

Segundo a BBC, a tendência é a que as pessoas possam seguir trabalhando enquanto possam e queiram.

O governo também pretende impedir que os patrões obriguem um trabalhador a aposentar-se aos 65, como ocorre atualmente.

"As pessoas vivem mais tempo e gozam de maior saúde, e não nos podemos permitir perder suas capacidades e sua experiência adquirida no lugar de trabalho só por culpa de um limite de idade arbitrário", declarou ao jornal Daily Telegraph Iain Duncan Smith, ministro de Trabalho e Previdência.

No Reino Unido, a expectativa de vida é de 77 aos para os homens e de 81 no caso das mulheres.

Tudo o que sabemos sobre:
governo, Reino Unido, aposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.