Em artigo, Fidel agradece pelo privilégio de estar vivo

O ex-presidente cubano Fidel Castro agradeceu nesta quarta-feira pelo privilégio de estar vivo e disse que não imaginou, quando viu-se obrigado a afastar do governo em 2006 por causa de uma grave doença, que estaria vivo sete anos depois.

AE, Agência Estado

14 Agosto 2013 | 14h28

Os comentários de Fidel fazem parte de um ensaio publicado na imprensa cubana nesta quarta-feira, um dia depois de o ex-presidente ter completado 87 anos de idade.

No longo e abrangente artigo, Fidel aborda uma série de assuntos, desde a morte do presidente venezuelano Hugo Chávez a importantes momentos da Guerra Fria.

Trata-se do primeiro artigo publicado por Fidel desde março. No ano passado, ele interrompeu a publicação de suas "Reflexões", às quais passou a se dedicar depois de se recuperar da doença. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
CubaFidel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.