Em campanha, Bush promete "levar um inimigo à Justiça"

O presidente dos EUA, George W. Bush, promete, num anúncio feito para sua campanha pela reeleição, ?levar um inimigo à Justiça antes que eles nos atinjam de novo?, a despeito do fato de que o paradeiro de Osama bin Laden continua desconhecido e de que apenas um suspeito de cumplicidade nos atentados de 11 de setembro de 2001, Zacarias Moussaoui, foi formalmente acusado nos EUA.?não consigo imaginar uma agonia maior que a de uma mãe ou de um pai tendo de decidir qual filho salvar primeiro no 11 de setembro?, diz o presidente no anúncio de 30 segundos. ?Não podemos hesitar, não podemos ceder, temos de fazer tudo que estiver em nosso poder para levar um inimigo à Justiça antes que possam nos ferir outra vez?.O comercial destaca o argumento de Bush de que seu ataque ?preventivo? ao Iraque era necessário no mundo pós-atentados de 2001 e que, como comandante supremo das Forças Armadas, vêm seguindo políticas para proteger a nação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.