Em Caracas, Alba apóia Evo

Líderes da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba) declararam ontem em Caracas, na Venezuela, apoio ao presidente boliviano, Evo Morales, em meio à crise política boliviana. Em declaração, o bloco - integrado ainda por Cuba e Nicarágua - "rejeitou o movimento separatista da oposição boliviana". Comemorando a vitória da esquerda na eleição paraguaia, Evo, que está nos EUA, parabenizou o presidente eleito do país, Fernando Lugo, e brincou, dando-lhe boas-vindas ao "eixo do mal" da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.