AFP / ALBERTO PIZZOLI AND LOUISA GOULIAMAKI
AFP / ALBERTO PIZZOLI AND LOUISA GOULIAMAKI

Em Cuba, papa terá encontro histórico com patriarca da Igreja Ortodoxa russa

Encontro será o primeiro entre os chefes dessas duas Igrejas e é considerado o passo inicial para uma possível visita de um pontífice à Rússia; ele ocorrerá antes da visita de Francisco ao México

O Estado de S. Paulo

05 de fevereiro de 2016 | 15h09

CIDADE DO VATICANO - O papa Francisco se reunirá com o patriarca da Igreja ortodoxa russa, Kirill, em Cuba no dia 12 antes de chegar ao México, anunciou o Vaticano nesta sexta-feira, 5. Este será o primeiro encontro entre os chefes destas duas Igrejas e é considerado o primeiro passo para uma possível visita de um pontífice à Rússia.

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, leu um comunicado conjunto com o patriarcado de Moscou no qual indicava que Francisco e Kirill "se encontrarão no próximo dia 12 de fevereiro. O encontro será realizado em Cuba, onde o papa fará escala antes de sua viagem ao México, e onde o patriarca estará em visita oficial".

Essa histórica reunião "compreenderá uma conversa pessoal no Aeroporto Internacional José Martí, em Havana, e concluirá com a assinatura de uma declaração comum", anunciou. Esse encontro, segundo o comunicado, "preparado há muito tempo, será o primeiro da história e marcará uma etapa importante nas relações entre as duas Igrejas".

"A Santa Sé e o Patriarcado de Moscou desejam que seja um sinal de esperança para todos os homens de boa vontade. Convidamos todos os cristãos a rezar fervorosamente para que Deus abençoe este encontro, que pode produzir bons frutos", conclui. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.