Em debate, democratas criticam Bush na crise do Haiti

Os candidatos que disputam a indicação democrata para concorrer à Casa Branca - John Kerry e John Edwards - discordaram sobre política comercial durante um debate, mas se uniram para criticar a forma como o presidente George W. Bush está lidando com a crise no Haiti.Dois dias antes da decisiva "superterça", quando serão realizadas prévias democratas em 10 Estados, os dois principais candidatos destacaram a queda do presidente haitiano, Jean-Bertrand Aristide, e acusaram Bush de ignorar a nação caribenha até que fosse tarde demais."É tarde, como de costume. O presidente sempre toma decisões tarde, depois de acontecerem coisas que poderiam ter sido diferentes se o presidente tivesse tomado uma decisão diferente antes", disse Kerry, senador de Massachusetts, que lidera a disputa interna do Partido Democrata. "Ele ignorou o Haiti da mesma forma que ignorou muitos países deste hemisfério", disse Edwards, senador da Carolina do Norte. "O correto é que os EUA tomem parte de uma força da ONU que proteja o país", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.