Em discurso na TV, Chávez admite foi operado para retirada de câncer

Em Cuba, presidente venezuelano disse, abatido, que está 'no caminho da recuperação'.

Claudia Jardim, BBC

30 de junho de 2011 | 23h03

Depois dias de silêncio sobre seu real estado de saúde, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, admitiu, nesta quinta-feira, em discurso transmitido desde Cuba, que teve câncer na região pélvica e que foi submetido a uma cirurgia para a extração do tumor.

Em cadeia nacional de rádio e televisão, Chávez apareceu abatido e leu um comunicado no qual revelou que depois da extração de um abscesso pélvico, foram realizados outros exames que detectaram um "tumor abscessado".

"Apareceram novas suspeitas (..), e confirmaram a existência de um tumor abcessado com presença de células cancerígenas, o que fez que fosse necessária outra cirurgia para a extração total de dito tumor", afirmou Chávez.

O líder venezuelano admitiu que cometeu "erros fundamentais" ao não cuidar sua saúde, mas disse que está "no caminho da recuperação". Ele continuará sendo tratado em Havana.

O estado de saúde do presidente vinha sendo motivos de grandes especulações no país e forçou o cancelamento de uma cúpula de países latino-americanos e caribenhos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
chavezvenezuelatumorcubahavana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.