Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Em discussão, Gore culpou Clinton por derrota

Logo após sua derrota nas eleiçõespresidenciais dos EUA, Al Gore discutiu com Bill Clinton no queuma fonte chamou de "confronto catártico", durante o qual eleculpou o então presidente por seu fracasso eleitoral, informauma reportagem publicada hoje pelo The Washington Post.De acordo com fontes ouvidas pelo jornal e que não foramidentificadas, durante um encontro cara a cara, que durou maisde uma hora, Gore usou uma linguagem incomum com Clinton e disseque o escândalo sexual envolvendo a ex-estagiária da Casa BrancaMonica Lewinsky e a baixa aprovação pessoal do presidente eramos principais causadores de sua derrota.Segundo o The Washington Post, Clinton respondeu com palavrasigualmente fortes, afirmando que a derrota de Gore foiconseqüência do fato de o vice-presidente não ter conseguidocapitalizar o sucesso da política econômica de seu governo.As fontes, que segundo o jornal são muito próximas tanto deGore como de Clinton, afirmaram que até o encontro, a relaçãoentre os dois já tinha se deteriorado muito e que aquela haviasido a primeira vez que eles se falavam em mais de um ano.Para uma das fontes citadas pelo diário, porém, a discussãofoi "útil e construtiva" para clarear a atmosfera entre osdois políticos. "Foi um encontro muito positivo", afirmou afonte.

Agencia Estado,

07 de fevereiro de 2001 | 16h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.