Em entrevista, Ahmadinejad chama Netanyahu de 'assassino talentoso'

De acordo com a CNN, iraniano defende que israelense seja julgado pela morte de civis

estadão.com.br,

22 de setembro de 2010 | 16h27

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad chamou o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, de 'assassino talentoso' em entrevista ao apresentador Larry King, da rede de TV CNN.

Veja também:

especialEspecial: O programa nuclear do Irã

lista Veja as sanções já aplicadas contra o Irã

De acordo com trechos da entrevista divulgados pela CNN, Ahmadinejad disse que Netanyahu deveria ser julgado pela morte de crianças e mulheres.

O presidente iraniano ainda negou que a quarta rodada de sanções internacionais aprovadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) estejam prejudicando o país.

Ahmadinejad também se negou a se encontrar com o presidente americano, Barack Obama, para discutir o polêmico programa nuclear do país persa. Ele voltou a negar que seu país pretenda produzir uma bomba atômica.

Leia ainda:

linkRússia não fornecerá mísseis S-300 para o Irã

linkPotências buscam retomada de diálogo nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.