Em Guantánamo, aval para ver na TV eleições

Suspeitos de terrorismo presos na base americana de Guantánamo, em Cuba, tiveram autorização ontem para acompanhar na TV o dia de votação nos EUA. Programas que "podem criar controvérsia", na definição do Pentágono, são vetados aos detentos. Mas a administração da prisão julgou que a eleição não se enquadra nessa categoria.

O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2012 | 02h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.