Em livro, Gorbachev expõe vida amorosa

O último líder da URSS, Mikhail Gorbachev, lançou ontem em Moscou sua autobiografia - um relato detalhado de sua vida privada, desde a infância até os anos no Kremlin, e da relação com sua mulher, Raisa. Aos 81 anos, Gorbachev relata como ela, uma estudante rebelde que conheceu na Universidade de Moscou, chocou os integrantes do Politburo quando ele se tornou o líder soviético.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.