REUTERS/Kim Kyung-Hoon
REUTERS/Kim Kyung-Hoon

Em meio a crise, aprovação de presidente da Coreia do Sul atinge mínima recorde de 4%

Presidência de Park foi abalada por alegações de que uma amiga próxima usou sua ligação com a líder para se envolver em assuntos de Estado

O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2016 | 14h14

SEUL - O índice de aprovação da presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye, caiu para 4 por cento em meio uma crise política crescente, a pior marca de qualquer líder eleito democraticamente na história do país, de acordo com uma pesquisa do instituto Gallup Korea divulgada nesta sexta-feira.

Sua taxa de aprovação diminuiu um ponto percentual em relação a uma semana atrás, e seu índice de desaprovação subiu três pontos e chegou a 93 por cento, mostrou a pesquisa.

A presidência de Park foi abalada por alegações de que uma amiga próxima usou sua ligação com a líder para se envolver em assuntos de Estado e exercer uma influência indevida.

O Gallup Korea, sediado em Seul, não é filiado ao Gallup, Inc. dos Estados Unidos./REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Estados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.