Em meio à crise, Obama retoma vantagem

O senador Barack Obama, candidato democrata à Casa Branca, recuperou a pequena vantagem nas pesquisas nacionais que mantinha sobre seu rival. O candidato republicano, John McCain, liderava a corrida presidencial americana nas duas últimas semanas, desde o fim da Convenção Republicana e da indicação da governadora do Alasca, Sarah Palin, como vice na sua chapa.O democrata aparece à frente de McCain em três importantes pesquisas de opinião divulgadas ontem. A sondagem do Gallup mostrou Obama com uma vantagem de 5 pontos porcentuais (49% a 44%), a da rede CNN pôs o democrata na liderança por 3 pontos (47% a 44%) e a do instituto Diageo deu ao candidato uma vantagem de 1 ponto sobre McCain (45% a 44%).Obama liderou a maior parte da campanha, mas havia sido ultrapassado por McCain, que chegou a obter 5 pontos de vantagem nos dias seguintes à Convenção Republicana. De acordo com analistas, no entanto, a crise econômica que atingiu os EUA causou uma reviravolta no eleitorado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.