Grigor Yepremyan/PAN Photo via AP
Grigor Yepremyan/PAN Photo via AP

Em meio à crise política, primeiro-ministro interino da Armênia sugere novas eleições

Karen Karapetyan afirmou que líder da oposição será primeiro-ministro “se o povo o eleger”; oposicionistas rechaçam a proposta e prometem boicote ao pleito

O Estado de S.Paulo

25 Abril 2018 | 05h12

EREVAN – O primeiro-ministro interino da Armênia, Karen Karapetyan, sugeriu nesta quarta-feira, 25, a realização de novas eleições parlamentares para solucionar a crise política que avassala o país há duas semanas e levou à renúncia de Serzh Sarksyan na segunda-feira, 23.

“Propomos a realização de eleições antecipadas e, caso o povo o eleja (o líder oposicionista, Nikol Pashinián), será o próximo primeiro-ministro”, afirmou Karapetyan, em resposta à pressão dos partidos de oposição para que um “líder do povo” assuma o governo.

Pashinián, cujo partido tem a maioria do congresso armênio, convocou para esta quarta-feira, 25, novas manifestações na capital do país. O líder da oposição rechaçou a proposta do governo.

“Querem que as eleições antecipadas sejam realizadas durante um governo do Partido Republicano. Sabemos como serão essas eleições”, escreveu Pashinián em sua página no Facebook. “Rechaçamos essa opção e boicotaremos as eleições, bloqueando todos colégios eleitorais.” 

+ Primeiro-ministro armênio renuncia após protestos

Nos últimos dias, a população armênia foi às ruas após uma série de reformas governamentais que transferiu poderes do presidente para o primeiro-ministro. Críticos viram a medida como uma manobra do ex-primeiro-ministro Serzh Sarksyan para permanecer no poder.

Sarksyan foi presidente da Armênia até 2008, quando os limites do mandato o obrigaram a deixar o cargo. Na última segunda-feira, 23, sob pressão popular, ele renunciou ao cargo de primeiro-ministro, menos de uma semana depois de ser indicado ao cargo. //EFE, REUTERS

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.