Em meio a negociações de paz, avião israelense ataca a Faixa de Gaza

Ataque, resposta a disparos de morteiros do lado palestino, deixa um morto e quatro feridos

Agência Estado e Associated Press

15 de setembro de 2010 | 11h11

JERUSALÉM - Funcionários do setor de segurança do Hamas na Faixa de Gaza afirmaram nesta quarta-feira, 15, pedindo anonimato, que um ataque aéreo israelense matou um palestino e deixou outros quatro feridos.

 

Veja também:

linkLíderes trabalham duro pela paz, diz Hillary

especialInfográfico: As fronteiras da guerra no Oriente Médio

especialLinha do tempo: Idas e vindas das negociações de paz

forum Enquete: Qual a melhor solução para o conflito?

 

O ataque aparentemente foi uma retaliação por causa do aumento do número de disparos de morteiros feitos pelos palestinos em território israelense. A violência ocorreu enquanto líderes do governo israelense e da Autoridade Nacional Palestina (ANP) se reuniam em Jerusalém para conversas pela paz.

 

Os militares de Israel não confirmaram o ataque aéreo, mas disseram que militantes haviam disparado um foguete e oito morteiros contra Israel até o meio desta tarde (horário local), o maior número diário desde março de 2009. O Hamas critica a iniciativa de diálogo com Israel e ameaçou realizar atentados para impedir essas conversas.

 

Nesta quarta o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, reuniram-se com a secretária de Estado americana, Hillary Clinton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.