Em meio ao blecaute, prefeito pede cuidado com o calor

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, disse esperar que a situação de abastecimento de energia na cidade esteja normalizada pela manhã de sexta-feira. Ele pediu à população que desligue as luzes e aparelhos de ar-condicionado, para evitar sobrecargas na volta da eletricidade, e alertou os novaiorquinos para que consumam muito líquido. ?Um dos grandes riscos é que as pessoas morram por causa do calor e desidratação?, afirmou.?Vamos religar a força na cidade?, disse Bloomberg. ?Vai levar um bocado de tempo, horas, não minutos - e ninguém pode ser mais específico do que isso?. O prefeito afirmou que o abastecimento de água está seguro e que não há notícias de pessoas feridas nos arranha-céus ou no metrô. ?Nào há nenhum sinal de terrorismo?, acrescentou. ?Temos um planejamento cuidadoso, que ensaiamos e treinamos?, afirmou.O prefeito disse que a Consolidated Edison, empresa que fornece energia para a região, ainda investiga a causa do blecaute, e por que a falta de energia se espalhou pelo sistema. Bloomberg ressaltou que não há emergências no setor de segurança: nenhum grande incêndio e ?nenhuma atividade criminosa de qualquer tamanho?. Ele afirmou que a municipalidade estabelecerá abrigos para os cidadãos que não consigam voltar para casa.O governo do Estado de Nova York disse que a origem do problema parece estar no Canadá, mas não deu maiores detalhes.Para ler sobre o blecaute: Energia elétrica falha nos EUA e no CanadáSobrecarga pode ter causado o blecauteBlecaute afeta quatro grandes aeroportosEste é mais um de uma longa série de blecautesPara o FBI, blecaute foi "evento natural", diz fonte

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.