Em Moscou, Chávez defende energia nuclear

VENEZUELA

, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2010 | 00h00

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse ontem que seu país tem o direito de desenvolver energia nuclear. Chávez está na Rússia para a compra de armamentos e discutir a construção de uma usina nuclear com tecnologia russa. O presidente ainda negou que dois membros do grupo separatista basco ETA tenham sido treinados na Venezuela, como suspeita a Espanha. A acusação seria parte da "agressão dos EUA".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.