Em nova carta, Fidel envia felicitações a Chávez

O jornal do Partido Comunista de Cuba publicou nesta terça-feira uma mensagem de congratulação do convalescente presidente Fidel Castro a seu colega venezuelano, Hugo Chávez, por sua reeleição no fim de semana."Serei breve para que a emoção não me traia. Sua vitória foi contundente, esmagadora e sem paralelo na história de nossa América. Os povos oprimidos do mundo agradecerão sempre a estratégia e a coragem com que travaste tão difícil batalha de idéias", afirma a breve mensagem do líder cubano."Sua proeza e a do povo venezuelano têm comovido o mundo. Os cubanos estão felizes", concluiu.Com 90% dos votos computados na noite de segunda-feira, Chávez liderava a disputa com 62% contra 37% de seu oponente, Manuel Rosales.A mensagem é a primeira de Fidel desde a semana passada, quando enviou um pedido de desculpas a destacadas personalidades da América Latina que viajaram a Cuba para as celebrações de seu aniversário em 2 de dezembro - a data certa é 13 de agosto, mas a pedido dele ela havia sido postergada. Fidel, convalescendo de uma operação no estômago, não compareceu a nenhuma atividade cultural nem política, nem ao desfile militar de sábado, promovidas pelo seu aniversário.Seu verdadeiro estado de saúde é motivo de especulações e rumores de todo o tipo. Fidel, de 80 anos, passou interinamente - e pela primeira vez - o poder em 31 de julho para seu irmão mais novo, Raul, de 75 anos.As últimas imagens de Fidel foram veiculadas durante a Cúpula do Movimento dos Países Não Alinhados, realizada em Havana, em setembro. Nelas, o líder cubano - abatido - aparece justamente com Chávez, que foi visitá-lo pessoalmente.Cuba e Venezuela são dois dos mais próximos aliados políticos e econômicos do continente, apesar da insatisfação dos EUA, que promovem há quatro décadas um embargo contra a ilha a fim de forçar uma mudança do regime comunista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.