Chandan Khanna/AFP
Chandan Khanna/AFP

Em novo recorde, EUA registram quase 100 mil novos casos diários de coronavírus 

Segundo contagem do 'Washington Post', foram registrados mais de 98 mil casos nas últimas 24 horas no país

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2020 | 20h58

WASHINGTON  - Os Estados Unidos registram quase 100 mil novos casos diários de coronavírus nesta sexta-feira, 30, estabelecendo mais um recorde na onda de infecções no país. Segundo contagem do Washington Post, foram registrados mais de 98 mil casos nas últimas 24 horas.

O recorde anterior havia sido estabelecido apenas um dia antes, dando uma ideia da velocidade com que o aumento dos casos está ocorrendo.  O país também ultrapassou a marca de 9 milhões de casos apenas 15 dias depois de atingir 8 milhões. Pelo menos 229 mil pessoas já morreram por conta da covid-19 desde o início da pandemia. 

Onze estados relataram recordes de registros em um único dia para novos casos nesta sexta-feira: Wyoming, Dakota do Norte, Dakota do Sul, Utah, Montana, Illinois, Minnesota, Pensilvânia, Virgínia Ocidental, Ohio e Maine. E dois Estados atingiram recordes de mortes: Tennessee, com 78, e Montana, com 27.

O total nacional de casos, que deve aumentar ao longo da noite, à medida que mais Estados e condados forem relatando seus registros, é apenas mais um sinal das perspectivas sombria do país. Muitas áreas dos Estados Unidos estão passando por suas piores semanas. O país relatou um registro de mais de 500 mil novos casos de coronavírus na semana passada.

Não são apenas algumas áreas que impulsionam o aumento dos casos, como ocorreu no início da pandemia. Metade dos condados dos EUA viu o pico de novos casos durante o mês passado. Quase um terço viu um recorde na semana passada.

Especialistas já previam um outro pico nos casos, já que o clima frio (no norte) faz com que as pessoas fiquem fechadas em casa e ajuda na propagação do vírus. A temporada de férias também preocupa as autoridades de saúde pública nos EUA. 

O aumento dos testes por si só não explica o salto nos casos. As atuais hospitalizações por coronavírus estão aumentando de novo de forma constante, embora ainda não tenham ultrapassado o pico do verão (no norte).

Os casos de coronavírus estão aumentando em todos os Estados onde a disputa eleitoral está acirrada antes do dia da eleição, na terça-feira, oferecendo evidências contra o argumento do presidente Donald Trump de que a pandemia está quase acabando e as restrições não são mais necessárias.

O aumento das mortes, segundo estudo divulgado na revista Science, diminuem o apoio à reeleição do presidente e aos candidatos republicanos/ W. POST e NYT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.