Em pronunciamento, Abbas pode anunciar ruptura com Hamas

Milicianos islâmicos continuam tomando posições do Fatah em diferentes combates

Agencia Estado

19 Junho 2007 | 11h05

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, deve fazer nesta quinta-feira, 14, um pronunciamento à nação para revelar uma decisão sobre a atual situação de violência na Faixa de Gaza, informaram fontes oficiais palestinas. As fontes não deram mais detalhes sobre o possível conteúdo do discurso de Abbas. Mas a imprensa especula que o presidente palestino pode anunciar a saída definitiva de seu movimento, Fatah, da coalizão de governo com o Hamas. Na terça-feira, o Comitê Central do movimento nacionalista, reunido numa sessão extraordinária em Ramallah, já havia decidido abandonar o Executivo de união nacional palestino se a violência desenfreada na Faixa de Gaza continuasse. Milicianos do movimento islâmico continuam tomando posições do Fatah em diferentes combates. Na quarta-feira à noite eles já controlavam a maior parte do território. Apesar das tentativas de mediação do Egito para que as duas facções rivais chegassem a um cessar-fogo, dos apelos à calma feitos por Abbas e pelo primeiro-ministro Ismail Haniyeh, do Hamas, a situação continua sem mudanças. Hamas pediu ao Egito que garanta um acordo para "salvar o governo de União Nacional". Ele defendeu um recrutamento de pessoal para as forças de segurança conjuntas e a entrega à Justiça dos "criminosos de ambos os lados".

Mais conteúdo sobre:
Hamas Fatah Abbas Faixa de Gaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.