Em resposta a Bush, Vietnã afirma que lutou por 'causa correta'

Presidente compara guerra de 1970 com invasão no Iraque alegando EUA deveriam ter ficado mais tempo no país

REUTERS

23 de agosto de 2007 | 10h26

Os vietnamitas lutaram por uma "causa correta" durante sua guerra contra os EUA, mas preferem focar no presente, disse um porta-voz do governo comunista do país na quinta-feira, reagindo ao discurso em que o presidente norte-americano, George W. Bush, comparou os conflitos do Iraque e do Vietnã.   Veja Também Bush cita Vietnã para defender permanência no Iraque Democratas atacam paralelo entre Iraque e Vietnã"A guerra deixa sequelas que ainda são visíveis hoje, assim como nossas lembranças", disse Le Dung, porta-voz da chancelaria, durante seu encontro quinzenal com a mídia."Mas, sendo uma nação com uma tradição que valoriza a paz, estamos determinados a não esquecer o passado, mas a valorizar o presente e esperar uma melhor relação com os Estados Unidos", disse.Na quarta-feira, em discurso a veteranos de guerra dos EUA, Bush comparou a guerra do Iraque à luz da experiência norte-americana em guerras no Japão, na Coréia e no Vietnã.Historiadores e críticos do governo disseram que Bush se equivocou ao sugerir que, se as forças dos Estados Unidos tivessem ficado mais tempo no Vietnã, na década de 1970, haveria menos mortes e um resultado diferente.O Vietnã foi unificado em 1975, depois de os EUA retirarem suas tropas e o governo comunista do então Vietnã do Norte derrubar o governo do Vietnã do Sul, pró-Ocidente.(Por Grant McCool)

Tudo o que sabemos sobre:
VIETNARESPONDEBUSH

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.