Em solo texano, armas estão liberadas; vibradores, nem tanto

No Texas, uma pessoa pode ter quantas armas quiser, desde que tenha licença. Mas, até 2008, se fosse pega com mais de seis vibradores ou brinquedos sexuais, poderia acabar presa. O Estado do Texas tem uma das legislações mais retrógradas dos EUA. Até 2003, o Texas tinha leis "anti-sodomia", que proibiam "relação sexual com um indivíduo do mesmo sexo."

Patrícia Campos Mello, AMARILLO (EUA), O Estadao de S.Paulo

21 de março de 2010 | 00h00

A lei anti-sodomia foi derrubada na Suprema Corte a partir de um processo aberto por John Geddes Lawrence, funcionário de um hospital. Lawrence foi preso em 1998 quando estava tendo uma relação sexual com seu namorado, Tyron Garner, dentro de seu apartamento em Houston. Uma vizinha ligou para a polícia e fez uma denúncia falsa de uso de armas no apartamento. O policial entrou na casa de Lawrence e prendeu os amantes. Lawrence e Tyron passaram a noite na prisão.

O diretor Woody Allen, por exemplo, teria sido preso no Texas por deixar sua mulher, a atriz Mia Farrow, para se casar com a filha adotiva dela, Soon Yi. No Estado, relações com enteada são um crime que pode dar 10 anos de prisão.

O conselho educacional do Texas acha que o atual currículo de escolas dá destaque excessivo a valores "de esquerda", como o New Deal de Franklin Delano Roosevelt. O órgão quer refazer a imagem do Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.